Se você fosse candidato nestas eleições, o que faria?

Agência Marketing

Se você fosse candidato nestas eleições, o que faria?

Sem corpo a corpo e com prazos alterados, campanha fica ainda mais imprevisível e vai exigir mais presença nas redes sociais

Não vai ser fácil se promover! Já não temos mais a realização de showmícios, o uso de propagandas em cavaletes, placas, faixas, bonecos, estandartes, outdoors e outros que estávamos acostumados e que foram proibidos desde a campanha de 2018. Este ano também não será possível as coligações nas chapas de vereadores e se não bastasse isso, ainda temos a pandemia de covid19 ou seja, uma campanha imprevisível. 

A covid19 alterou o calendário eleitoral de 2020 e os candidatos vão ter que se adaptar a uma campanha sem corpo a corpo e todas as outras proibições de promoção.

O tempo para a pré campanha se estendeu e pode ajudar a garantir maior visibilidade para candidatos novos, mas não é o que estamos vendo, os novos candidatos postam informação de que são pré e acham que é o suficiente para a sua divulgação. 

Você já pensou como seria ser um candidato nesta campanha eleitoral? 

O momento de isolamento que estamos vivendo, prejudica a todos os candidatos veteranos ou novatos que buscam ocupar um dos cargos eletivos, mas o que estamos vendo é somente quem está no poder no cargo de prefeito se beneficiando da situação. Dos que ocupam cargo de vereadores atualmente não estão fazendo muito ou quase nada para se promoverem e os que se dizem oposição e se apresentam como mudança só questionam fatos sem relevância.

Se todo mundo tá falando da Covid19 fale também. Se a Covid19 é o vilão que causa medo na população, como você vai defendê-la? O que você faria se fosse o prefeito ou vereador?  Tem uma ideia que não esteja sendo usada atualmente pelo situação e que pode melhorar a vida da população? O que os políticos atuais estão fazendo de errado?

Promova-se! Os políticos que já tem mandato estão um passo a frente e tem o beneficio e uma imagem já conhecida. O marketing Digital teve um papel importante nas últimas eleições mas nesta ele será protagonista.

Se o desafio do marketing hoje é compreender este novo consumidor pós pandemia, o novo eleitor também precisa ser compreendido pelos candidatos. 

Embora as eleições tenham sido adiadas, o tempo restante pode não ser o bastante para construir uma reputação nas redes sociais e todo tempo do mundo não fará diferença para quem não tem competência, não se planejou e não tem idéia do que vai fazer, infelizmente ainda assim muitos insistem em serem candidatos.

Assim como o eleitor, o candidato também deve ter cuidado na hora de escolher a sua equipe de promoção, a internet está cheia de “entendidos” que sem mesmo conhecer a sua cidade e o perfil do eleitor vendem o famoso kit pronto para “ganhar” as eleições sem mesmo te conhecer. Eles não sabem nada sobre você mas o kit da campanha já está pronto.

Portanto, invista na contratação de uma empresa que possa lhe oferecer profissionais capacitados. Contratar as pessoas certas pode fazer a diferença entre uma campanha mal ou bem sucedida. 

Procura profissionais para destacar sua presença nas redes sociais durante a pré campanha?

Procura conteúdo que seus eleitores querem consumir e tornar suas redes mais profissionais?

Procura profissionais para executar ações que farão a diferença nas urnas?

Procura de uma equipe competente e comprometida, engajada e com estratégias assertivas?

Se você respondeu SIM para uma das perguntas acima teremos o maior prazer em ajudar, solicite agora mesmo atendimento profissional.

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: