Dá para ver na sua cara se você é rico ou pobre?

Agência Marketing

Dá para ver na sua cara se você é rico ou pobre?

William H. Gates III reacts

Bill Gates

E não tem nada a ver com gênero, cor ou roupa. Tem a ver com felicidade.

Um novo estudo realizado pela Universidade de Toronto aponta que a sua grana (e principalmente como você se relaciona com ela) acaba gerando marcas no seu rosto que são, inconscientemente, perceptíveis pelas pessoas que estão a sua volta.

O segredo está no seu sorriso. Os pesquisadores chegaram à conclusão que suas expressões faciais relativas à felicidade ou tristeza ficam marcadas no seu rosto. São como rugas muito sutis, que já aparecem logo no começo da vida adulta. Acontece que dinheiro não compra felicidade – mas deixa marcas dela no seu rosto.  Pessoas com mais grana tendem a ter uma vida mais tranquila e carregar mais registros dessa felicidade na face. Em milésimos de segundo, seu cérebro consegue perceber esses indícios e afirmar se aquela pessoa tem, ou não, uma boa conta bancária. O pexperimento foi feito com estudantes universitários. “O que nós estamos encontrando são estudantes com só 18-22 anos que já acumularam experiência de vida o suficiente para visivelmente mudar e modelar seus rostos, ao ponto de que você pode falar qual é sua situação econômica, ou classe social”, afirma Nicholas Rule, psicólogo da universidade e coautor do projeto.

Você é rico ou pobre? Independente da resposta, um grupo de pesquisadores canadenses está afirmando: dá para ver na sua cara.

saiba mais: http://abr.ai/2tJh8OS

 

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: